"Por favor, não me chame só para uns beijos meio sem vontade. Não me chame só pra dormir abraçado. Não me chame só quando der na telha. Me chame sempre, me chame hoje, me chame a todo minuto… Pegue minha autoestima no colo e faça um cafuné."
"— Fica comigo?
— E se não der certo?
— A gente tenta de novo."
"Eu queria ser você, pra saber se você gosta de mim."
"Só por hoje me deixa te amar."
"Lembre-se de quem é o verdadeiro inimigo."
"Pessoas que se amam, fazem de tudo pra dar certo."
"O amor é frágil. E nem sempre cuidamos dele muito bem. A gente se vira e faz o melhor que pode, e torcemos para que esta coisa frágil, sobreviva apesar de tudo."
"Amor é isto: a dialética entre a alegria do encontro e a dor da separação. De alguma forma a gota de chuva aparecerá de novo, o vento permitirá que velejemos de novo, mar afora. E sentimos então que valeu a pena suportar a dor da ausência, pela alegria do reencontro."